DealExtreme abre armazém no Brasil

Imagem: DealExtreme abre armazém no Brasil
  Compartilhe Twitter Google+ Facebook


O governo vem fazendo de tudo para inibir gastos de brasileiros no exterior, mesmo em compras online: aumentou o IOF, criou um sistema para cobrar impostos de importação na fonte, e deixou os Correios criarem uma taxa de R$ 12 para cada pacote vindo de fora do Brasil.

Importar produtos do exterior está cada vez mais difícil, e por isso a gigante chinesa DealExtremeabriu um armazém no Brasil. Eles avisam, no entanto, que não vão escapar dos impostos – e você também não vai.

No anúncio oficial, a DealExtreme diz que o armazém – localizado em Curitiba – começa sua fase de testes “em alguns dias”. Isso traz diversas vantagens: como as encomendas serão enviadas via Correios, elas poderão ser rastreadas, chegarão em um prazo médio “de 3 a 5 dias” (em vez denunca) e você não terá que pagar a famigerada taxa de R$ 12 para pacotes internacionais.

Essa taxa foi criada em junho, e é cobrada de remessas de até US$ 500 que parem na alfândega. Ou seja, se você for tributado, terá que ir a uma agência dos Correios, pagar o imposto de importação de 60%, mais o ICMS (dependendo do estado) e mais R$ 12.

Os Correios dizem que “sempre absorveram os custos operacionais do despacho postal”, mas deixaram de fazer isso para encomendas vindas do exterior, cujo volume aumentou 400% nos últimos cinco anos.

A DealExtreme diz, no entanto, que pagará todos os impostos de importação e custos de transporte, e vai incluí-los no preço, que ficará “um pouco mais alto do que os produtos enviados da China”. Eles avisam, no entanto: “faremos questão de que o novo preço seja aceitável e invencível”. Além disso, eles prometem uma equipe especializada de atendimento ao cliente.

Durante a fase de testes, só alguns produtos serão despachados do armazém do Brasil – a empresa ainda não diz quais. Enquanto isso, Correios e Receita fecham o cerco a quem compra no exterior,abrindo armazéns em Hong Kong e Miami para aumentar a fiscalização e automatizar a cobrança de impostos. [DealExtreme via Manual do Usuário]